Certificações pelas Normas

As Certificações em qualquer uma das Normas aqui comentadas são elementos adicionais que de certo modo atestam as conformidades dos respectivos Sistemas.

 

Por exemplo, a NBR ISO 9001:2015, Gestão da Qualidade - Requisitos, após uma Auditoria feita pelo Organismo Certificador, se recomendada, a empresa receberá o seu Certificado válido por três anos com auditorias de acompanhamento semestrais ou anuais.

 

A Certificação não é uma GARANTIA DA QUALIDADE como muitos equivocadamente entendem.

 

Uma Certificação nessa Norma significa que a organização possui um Sistema da Qualidade devidamente implementado, com suas rotinas devidamente conformes os requisitos da Norma e a documentação de apoio estão claras e atualizadas.

A opção de fazer ou não uma certificação compete a Alta Direção e como isso implica em estratégias e investimentos, trata-se de uma decisão exclusiva.

 

Vale exaltar que o Sistema seja adotado e perfeitamente em sintonia com cada um dos requisitos das referidas normas. Vale alertar que muitas empresas não abrem mão de determinada certificação como pré-requisito para tornar-se cliente. Normalmente empresas de grande porte, multinacionais, ou que possuam elevado grau de excelência e não querem expor seus próprios sistemas em conflitos.

 

Para o escopo na amplitude da Segurança Viária, bastam que efetivamente cada requisito das normas estejam ajustadas, como se fosse passar por uma auditoria. Isso fortalece o controle interno e aumenta a credibilidade, porém, é inquestionável que uma certificação oficial coloca a organização em outro patamar conceitual, de solidez da imagem corporativa no mundo globalizado e altamente concorrencial.

HOME

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now